Os Nossos

Espaços

Centro de Acolhimento para Refugiados (CAR)

Centro de Acolhimento para Refugiados (CAR)

A função primordial do Centro, além de visar melhorar as condições de acolhimento e de integração de todos aqueles que escolhem Portugal como destino seguro, longe das perseguições e das constantes violações dos direitos fundamentais a que estão sujeitos no país de origem, é a de congregar uma série de actividades que permitam a informação, formação e organização dos tempos livres dos requerentes de asilo e refugiados, mas também um ponto de apoio e de divulgação da temática do asilo para a própria sociedade portuguesa em geral.
Centro de Acolhimento para Refugiados (CAR II)

Centro de Acolhimento para Refugiados (CAR II)

O CAR II, inaugurado em Dezembro de 2018, é o maior Centro de Acolhimento de Refugiados em Portugal, e o terceiro a existir no país. Localizado em São João da Talha, Loures, o CAR II surge 12 anos depois do CAR I e seis anos após a abertura da Casa de Acolhimento de Crianças Refugiadas (CACR).
Casa De Acolhimento Para Crianças Refugiadas (CACR)

Casa De Acolhimento Para Crianças Refugiadas (CACR)

A Casa de Acolhimento para Crianças Refugiados (CACR) é uma resposta social que tem a finalidade de proceder ao acolhimento especializado de crianças e jovens menores de 18 anos, no processo de asilo, aquando da definição do seu projeto de vida, pelo tempo necessário e adequado ao seu desenvolvimento.
Espaço “A Criança”

Espaço “A Criança”

O espaço “A Criança” está integrado no CPR, e o seu objetivo é o de oferecer um espaço único de convívio entre crianças de origens muito diversas que estimule atitudes positivas relativamente às diferenças multiculturais. A Creche/Jardim de Infância e os Ateliers de Tempos Livres (ATL), de utilização conjunta, desenvolvem um conjunto de atividades estruturadas, permitindo aos filhos dos requerentes de asilo e refugiados um maior convívio com as crianças da sociedade de acolhimento.

Como apoiar o CPR?

Voluntariado
Dê-nos o seu tempo e junte-se a esta equipa.
Donativo
Apoie através de um donativo.
Alguns números do CPR

Em 2018, o CPR acolheu 1220 pessoas de 71 nacionalidades

2856
Refugiados acolhidos
pelo CPR nos últimos 5 anos
16498
atendimentos jurídicos
realizados pelo CPR ao longo dos últimos 5 anos
5864
horas de formação
em aulas de Português Língua Estrangeira e atividades socioculturais, nos últimos 5 anos
11500
Pessoas
participaram nos eventos do CPR, ao longo dos últimos 5 anos

Áreas de

Intervenção

Apoio Social

Apoio Social

O apoio e aconselhamento social são cruciais para assegurar condições sociais e de acolhimento dignas aos requerentes de asilo e refugiados, por sua vez, facilitadoras da sua integração em Portugal.
Apoio Jurídico

Apoio Jurídico

O aconselhamento jurídico é uma área determinante no trabalho do Conselho Português para os Refugiados permitindo o acompanhamento do processo de acolhimento e integração dos refugiados em Portugal.
Informação e Divulgação Pública

Informação e Divulgação Pública

Celebrar e reconhecer a contribuição dos refugiados é um passo importante para romper com os estereótipos negativos e assim construir uma sociedade mais humanista e solidária.
Integração Profissional

Integração Profissional

O departamento de emprego e formação profissional do CPR promove a (re) integração profissional dos requerentes de asilo e refugiados, através de um acompanhamento personalizado.
Ensino de Português

Ensino de Português

O ensino da língua é uma responsabilidade incontornável do país de acolhimento, na promoção de medidas indispensáveis para a integração dos refugiados.
E-Learning

E-Learning

O curso de sensibilização sobre “Asilo e Refugiados” na modalidade de e-Learning, foi criado por este Conselho em 2007, conduzindo esta área do conhecimento a públicos mais vastos e geograficamente dispersos.
Projetos

Ativos

(Asylum and Migration Fund – AMIF-2017-AG-INTE) O impacto do projeto EURITA consiste em melhorar a integração dos refugiados reinstalados através
(Internal Security Fund – ISFP-2017-AG-CSEP) Apesar de Portugal gozar de um clima pacífico e de políticas de acolhimento generosas, quando
(Erasmus+ 2018-1-PT01-KA204-047359) Este projeto visa a capacitação e inclusão social de refugiados através da aquisição de ferramentas em literacia digital
De acordo com os objetivos prioritários previstos no Programa Nacional do Fundo de Asilo, Migração e Integração (FAMI), este projeto
O objectivo geral deste Projeto passa por promover a integração dos refugiados reinstalados em Portugal através da melhoria/reforço do sistema
O presente projeto visa favorecer a integração de requerentes e beneficiários de proteção internacional em Portugal, através da aprendizagem da
Os objectivos específicos do presente Projeto são: 1)- Melhorar as infra-estruturas e serviços de alojamento existentes (passando pelo desenvolvimento de
Este projeto tem como objectivos: Prestar apoio jurídico e social direto aos refugiados reinstalados em Portugal através de um acolhimento
As últimas

Notícias

Subscreva

A Nossa Newsletter