Política de Tratamento e Proteção de Dados

Levamos a sério a proteção e o tratamento adequado dos seus dados pessoais. Nesta página indicamos como recolhemos, armazenamos e utilizamos as suas informações, bem como os seus direitos relativos a esses dados.

1. Finalidade da Recolha, Armazenamento e Tratamento dos Dados Pessoais

Recolhemos, armazenamos e tratamos os seus dados pessoais exclusivamente para os fins específicos para os quais são solicitados. Durante o processo de recolha, explicitamos claramente esses objetivos.

2. Tipos de Dados Pessoais Recolhidos

Por norma, recolhemos informações gerais, como: nome, contactos telefónicos e correio eletrónico, morada e data de nascimento. Em circunstâncias excecionais e claramente identificadas, também podemos solicitar a recolha de informações adicionais.

3. Responsabilidade pelo Tratamento dos Dados

Somos responsáveis pelo tratamento dos dados recolhidos, utilizando métodos manuais e informáticos. Garantimos a segurança e confidencialidade dos seus dados não os partilhando com terceiros para fins comerciais.

4. Direitos dos Titulares dos Dados

Tem o direito de aceder, retificar, atualizar ou eliminar os seus dados pessoais a qualquer momento, se assim desejar. Para exercer esses direitos ou fazer outras solicitações relacionadas com o tratamento dos seus dados, pedimos que entre em contacto connosco através do e-mail: geral@cpr.pt. Durante esse processo, é possível solicitar a cópia dos seus dados, a eliminação do consentimento anteriormente autorizado, a retificação, a exclusão, a limitação, a portabilidade ou a oposição ao tratamento dos mesmos.

A eliminação do consentimento não afeta a legalidade do tratamento realizado anteriormente com base no consentimento dado. Se existir conflito, pode apresentar uma reclamação à autoridade de controlo – a Comissão Nacional de Proteção de Dados.

5. Período de Armazenamento dos Dados

Mantemos os seus dados pessoais enquanto forem necessários para os fins para os quais foram recolhidos. No entanto, por razões legais, podemos ser obrigados a mantê-los por períodos superiores aos inicialmente previstos.